Dez experiências imperdíveis em Fernando de Noronha

Experiências em Noronha - Baía dos Porcos - Fernando de Noronha

A lista de possíveis experiências para viver em Fernando de Noronha é imensa. A ilha é um dos lugares mais bonitos do mundo, com dezenas de atrações para todos os gostos. Diante de tantas opções, o que fazer? Descrevemos nesse post os momentos mais memoráveis dos 10 dias que ficamos por lá.

Pôr do sol em Fernando de Noronha

A lista não segue nenhuma ordem específica. Todas as experiências abaixo ajudam a fazer de Noronha um dos destinos mais cobiçados do Brasil. Algumas delas recomendamos até fazer mais de uma vez. E apesar de ser um destino de natureza, com trilhas e infraestrutura simples, ir com filhos não é problema. A gente estava com a Bia e não deixamos de fazer nada!

#1. Caminhar entre a Praia do Boldró e a Baía dos Porcos

Que tal passar o dia caminhando por algumas das praias mais bonitas do Brasil com uma vista quase permanente para o principal cartão postal de Noronha: o Morro Dois Irmãos?

Praia do Americano, Fernando de Noronha
Praia do Americano

É isso o que te espera na trilha Costa Esmeralda. Na verdade, a trilha começa na Praia do Cachorro e se você estiver com disposição e quiser incluir mais esse trecho (praias do Cachorro, do Meio e da Conceição), sem dúvidas valerá à pena!

Trata-se de uma sequência sensacional de praias, que também passa pelo Boldró, Americano, Bode, Cacimba do Padre – onde ocorre uma etapa do campeonato mundial de surf – e termina na famosíssima Baía dos Porcos.

Recomendamos fazer o trajeto sem pressa, parando em cada praia. Das experiências em Noronha, curtir a areia dourada e o mar transparente é a que mais tem a cara da ilha. Alguns trechos exigem pequenas escaladas em pedras, principalmente quando a maré está alta. Levar a Bia exigiu um cuidado adicional, mas foi até tranquilo.

Cacimba do Padre com Morro Dois Irmãos, Fernando de Noronha
Cacimba do Padre

#2. Ver tubarões bebês na Praia do Sueste

Existem experiências que só são possíveis em Noronha: estávamos sentados com a Bia na praia, aproveitando uma piscina natural rasinha. Ótimo para ela brincar protegida das ondas. Então, quando a maré começou a subir, passou nadando bem no meio de nós um pequeno tubarão! E logo depois mais um. E mais alguns nos minutos seguintes.

Não é em qualquer lugar que você divide a piscina natural com alguns tubarões

Esses tubarões bebês, com cerca de um metro de tamanho, aparecem aos montes na Praia do Sueste. Eles se abrigam lá para não virar comida de tubarões maiores. E dá para observá-los bem de perto, sem precisar molhar mais do que as canelas no mar. É incrível.

Em Fernando de Noronha há uma quantidade enorme de tubarões de diferentes espécies. Esse é um dos grandes baratos da ilha. E não há porque temer. Os registros de ataques, além de muito raros, sempre envolvem um ser humano fazendo algum tipo de bobagem (do tipo tentar pegar um tubarão com as mãos ou cutucar um deles com um pau-de-selfie).

Portanto, essa experiência é super indicada para todos! Recomendamos inclusive fazer um snorkel por ali. Dá para alugar o equipamento no Sueste mesmo. Além dos próprios tubarões, é bem comum encontrar tartarugas enormes se aproveitando das águas protegidas da baía.

Perto do Sueste, a Praia do Leão é outro ponto que reúne muitos tubarões próximos da areia. Mas de mar aberto, não são só os pequenos que dão as caras por ali.

Praia do Leão, Fernando de Noronha
Praia do Leão

#3. Descer as escadas para a Praia do Sancho

Lá embaixo, está a praia considerada a mais bonita do Brasil e uma das cinco mais bonitas do mundo. Em cima, está você, louco para mergulhar naquele mar azul turquesa absurdamente transparente. Entre vocês, uma escada vertical que entra por um fenda estreita na rocha e desaparece no interior da montanha.

Muita gente fica com receio de encarar essa escada até a Praia do Sancho, mas a não ser que você chegue de barco, esse é o único caminho. Nós ficamos receosos também. Afinal, como seria para descer carregando a Beatriz?

A boa notícia é que apesar dessa escadaria pedir um pouco de atenção e disposição, ele é acessível para a grande maioria das pessoas. Colocamos a Bia no canguru, deixamos ela bem junto ao corpo e passamos sem maiores dificuldades. E o visual fica ainda mais espetacular depois de vencer os degraus mais famosos do Brasil. Esta praia inigualável merecia ser acessada de uma forma única.

É claro que depois de descer, também é preciso subir de volta as escadas que dão acesso à Praia do Sancho

#4. Curtir com calma a praia mais bonita do Brasil

Existem lugares que você já viu mil fotos, já ouviu um milhão de elogios e ainda assim não consegue segurar o queixo quando vê pela primeira vez com os próprios olhos. A beleza da Praia do Sancho é absolutamente irresistível.

Mirante Praia do Sancho
Sancho: a praia mais bonita do Brasil

O acesso complicado já explicado acima e o fluxo cada vez maior de visitantes levaram a um controle de horários para subida e descida. Durante uma hora só é possível descer. Na hora seguinte, só se pode subir. E assim vai alternando. Querendo fazer um monte de coisas no mesmo dia e não querendo perder uma janela de subida, muitas pessoas passam pouco tempo aproveitando mesmo a praia. Acabam indo embora rápido demais.

Nossa dica é: viva essa experiência dando a ela o tempo que merece. Dificilmente você terá tão cedo oportunidade de estar em uma praia tão linda. Desfrute! Tome também algumas precauções: Leve snorkel, lanche e água porque não há nenhuma estrutura depois da portaria do parque nacional. E passe bastante protetor porque são poucas as sombras disponíveis.

No mais, relaxe e veja como a praia fica mais vazia de tarde. Tenha momentos quase que sozinho em um dos cantos mais incríveis que você terá visitado na vida.

Praia do Sancho vazia, Fernando de Noronha
Praia do Sancho vazia: uma das melhores experiências de Noronha

#5. Refrescar em uma piscina natural

Quem não curte passar um tempo relaxando em uma piscina natural de água transparente, com peixinhos nadando a sua volta e de frente para um visual cinematográfico?

Na maré baixa, Fernando de Noronha fica repleta de piscinas naturais. Algumas, como a do Atalaia, são restritas a poucas pessoas pré-agendadas por dia. Na Baía dos Porcos tem outra que a entrada é proibida a todos para preservar seus coloridos corais. E tem ainda o Buraco do Galego, na Praia do Cachorro, que o problema é diferente: desde que o Neymar e a Bruna Marquezine tiraram uma foto lá, passou a formar filas de turistas em busca do clique instagramável.

Mas não se preocupe, não faltam opções espalhadas por toda a ilha. Em pouco tempo você irá encontrar uma piscina vazia só te esperando. Aliás, as praias de modo geral não ficam cheias. Isso torna essas experiências em Noronha muito mais especiais.

Experiências em Noronha: piscina natural na Baía dos Porcos
Baía dos Porcos, piscina natural com vista para o Morro Dois Irmãos

#6. Apreciar as vistas

Um lugar lindo, cheio de falésias e acidentes geográficos não poderia dar em outra coisa: uma enorme oferta de belíssimos mirantes. Boa parte das pessoas voltam de Fernando de Noronha com a imagem de uma vista sensacional como a memória mais forte da ilha. Às vezes, só do alto é que é possível capturar o espetáculo da natureza em sua grandeza.

Alguns desses mirantes são de fácil acesso, como na Praia do Leão. Outros têm estrutura, mas demandam alguma caminhada. Como o percurso que passa pela Baía dos Golfinhos, Praia do Sancho e Baía dos Porcos. Para os outros casos, ponha as pernas para trabalhar! Encare as trilhas, se arrisque um pouco a subir as pedras e busque as vistas do alto. Dificilmente Noronha irá te desapontar.

Mirante para a Baía dos Porcos com o Morro Dois Irmãos
Vista para a Baía dos Porcos

#7. Fazer a trilha do Atalaia

Um dos programas mais procurados de Noronha é a trilha do Atalaia. Existe uma versão curta – uma caminhada leve que visita uma piscina natural – e uma versão longa – três piscinas naturais e uma caminhada mais pesada.

Ambas precisam ser pré-agendadas e atenção: as vagas são concorridas e esgotam rapidamente. Para a versão longa também é obrigatório contratar um guia. Para saber mais sobre o agendamento de trilhas, acesse o site do Parque Nacional de Noronha.

A trilha curta vai até a piscina natural que se forma na maré baixa na praia do Atalaia. Um número limitado de pessoas terá direito a fazer um snorkel ali e o tempo na água é cronometrado. Cada um pode ficar, no máximo, 30 minutos. Tudo controlado pelo ICMBio. O mar é especialmente transparente e berçário de diversas espécies, recebendo inclusive tubarões e tartarugas.

Experiências: Trilha do Atalaia: Ilha do Frade, na chegada da Praia do Atalaia, Fernando de Noronha
Ilha do Frade, na chegada da Praia do Atalaia

#8. Mergulhar

Fernando de Noronha é um dos principais destinos de mergulho do mundo e tem opções para diferentes níveis de mergulhadores. O mar é reconhecido pela visibilidade incrível e pela imensa diversidade e abundância de vida marinha.

A gente sempre soube que esta seria uma de nossas melhores experiências em Noronha. Mergulhar foi nosso principal motivo para ir para a ilha (não que faltassem outras boas razões).

Mergulhando de cilindro, vimos barracudas gigantes e lagostas do tamanho de um cachorro, diferentes tipos de tubarões e uma variedade enorme de peixes. Mas quem roubou a cena no último mergulho foi uma raia manta com mais de quatro metros de envergadura. Nos avisaram que se a gente contasse não acreditariam, mas não é história de mergulhador não. Vimos mesmo! 😉

View this post on Instagram

Em 2010 fizemos nosso primeiro curso de mergulho em Arraial do cabo. Estávamos às vésperas de iniciar nossa viagem de volta ao mundo e íamos passar por países famosos por excelentes mergulhos. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Foi paixão no primeiro cilindro! ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ De lá pra cá mergulhamos em lugares incríveis como no Mar vermelho, Indonésia, Tailândia, San Andres, Ilha de Páscoa e Cozumel. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Noronha sempre esteve na nossa lista de desejos. Afinal, como não conhecer o ponto de mergulho brasileiro mais espetacular com seus famosos tubarões e a excelente visibilidade. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ E não decepcionou. A vida marinha de Noronha é riquíssima! Vimos diversos tubarões e até uma raia manta de 4 metros 😱😍. Algo super raro e emociante até para os instrutores que mergulham diariamente na ilha. Vimos tanta coisa que é melhor deixar pra contar em um proximo post. 😜 ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ #fernandodenoronha #noronhese #scubadive #atlantisnoronha #mergulhonoronha #noronhacombebe #nordestebrasileiro #nomadesdigitais #familianomade #nomadismodigital #digitalnomad #digitalnomadfamily #nomadlist #viajandocomcrianca #travellingwithkids #travellingfamily #vidasimples #slowtravel #mochilaoemfamilia #backpackingwithkids #mochilandopelomundo #tresmochilaspelomundo

A post shared by três mochilas pelo mundo (@tresmochilaspelomundo) on

Se você não mergulha com cilindro, Noronha é o lugar para fazer o batismo – que é um mergulho guiado que dispensa qualquer experiência prévia. Se ainda assim não for sua praia, o snorkel também é fenomenal. Foi assim que vimos tubarões menores, muitas tartarugas, cardumes lindos e muito mais, até mesmo um grande naufrágio na Praia do Porto.

Existe ainda a opção do Aquasub, também chamado de pranchinha. Que é um snorkel puxado por uma lancha. Isso te permite vasculhar uma área muito maior, além de que os pilotos sabem bem onde te levar. No mais, se jogue na água com uma máscara sempre que puder. Explorar o fundo do mar é um programa imperdível em Noronha.

Experiências em Noronha: mergulhar
Nós dois aí na água deixa a pergunta: quem está tomando conta da Bia?

#9. Ver golfinhos rotadores saltando

O golfinho rotador tem cerca de 2 metros e a capacidade de dar grandes saltos para fora da água girando até sete vezes sobre o próprio eixo. Eles se reúnem em grandes grupos e os saltos fazem parte de uma exibição para potenciais parceiros. É um espetáculo que dificilmente você irá esquecer.

As experiências com golfinhos são uma das marcas registradas de Noronha. Para ver uma multidão deles, vá bem cedo ao Mirante dos Golfinhos. O portão do parque nacional abre 6h30, esteja lá. Centenas se reúnem nesse local e quanto mais cedo, melhores as chances de vê-los. Porém, saiba que será de bem longe e bem do alto. Leve binóculos, se tiver.

Experiências em Noronha: ver golfinhos. Mirante dos Golfinhos, Fernando de Noronha
Mirante dos Golfinhos

Para ver os golfinhos de perto, é preciso estar na água. Voltando dos mergulhos, passamos perto de alguns grupos. Em uma dessas vezes, algumas dezenas deles nos seguiram por uns cinco minutos. Como o mar é muito transparente, era possível ver como vinham nadando rápido e se projetavam rodopiando para fora d´água. Sensacional! Boa parte das pessoas que fazem os passeios de barco, amplamente ofertados na ilha, têm oportunidade de ver uma cena parecida com essa.

Mas, provavelmente a melhor experiência a se ter com os golfinhos rotadores seja na canoa havaiana. Você vai remando até perto de onde eles costumam aparecer e são bem grandes as chances de você se ver cercado deles.

#10. Fechar o dia com o pôr do sol no mar

Nenhuma lista de experiências em Noronha poderia deixar de fora a mais tradicional de todas: curtir o pôr do sol. O pôr do sol na ilha é um clássico. Primeiro porque é no mar, o que não acontece no litoral brasileiro. Segundo, pelo contorno inconfundível das montanhas de Noronha. Por fim, porque quando um dia acaba no paraíso, em geral, você está tomado por uma sensação maravilhosa de contentamento.

Para muitos, o pôr do sol no Forte do Boldró é o mais bonito, com o Dois Irmãos ali pertinho. Para quem quer ver o dia terminar em grande estilo, o restaurante Mergulhão na Praia do Porto tem mesas disputadíssimas (e preço alto também). O mais procurado é na praia da Conceição, próximo ao Bar do Meio. Eu gostei muito do visual da fortaleza Nossa Senhora dos Remédios. A dica é aproveitar cada dia em algum lugar diferente.

Experiências em Noronha: pôr do sol na praia da conceição, bar do Meio
Praia da Conceição

Por essas e muitas outras experiências que a gente já sai de Fernando de Noronha querendo voltar. Deu vontade de ir?

tresmochilaspelomundo

10 comentários em “Dez experiências imperdíveis em Fernando de Noronha

  1. Maravilhosa descrição de Fernando de Noronha estive lá qdo se podia ir de navio e o apoio de estadia era no próprio navio, não havia nenhuma infraestrutura para apoio aos visitantes
    Parabéns, continuem compartilhando esses momentos

    1. Que barato, Marina! Na época, devia ser uma aventura incrível. Sem tantas imagens como hoje, sem quase ninguém por lá… Imagino como deve ter sido explicar para as pessoas na volta o tamanho da beleza do lugar. Embora a infraestrutura em geral continue simples, surgiram pousadas sofisticadas e a quantidade de turistas já preocupa. São mais de 100.000 pessoas por ano gerando uma grande pressão ambiental.

  2. Revisitei Fernando de Noronha através do seu relato. Foi muito bom reviver os momentos que passamos ali. Conhecemos o arquipélago nos anos 90 quando o turismo por lá ainda era bem restrito. Ficávamos hospedados nas casas dos moradores, tudo muito simples com o aconchego do pessoal da terra. Aguardo os próximos posts do interior de Minas.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: