Os profetas de Aleijadinho em Congonhas

A cidade de Congonhas e sua impressionante arquitetura barroca é uma oportunidade imperdível de viagem de um dia a partir de Belo Horizonte. Seu lugar de destaque entre as cidades históricas de Minas Gerais é garantido pela obra monumental de Aleijadinho: os doze profetas da Basílica de Bom Jesus de Matosinhos. O que fazer emContinuar lendo “Os profetas de Aleijadinho em Congonhas”

Roteiro a pé por Tiradentes

Percorrer um roteiro pelas ruas de Tiradentes faz você se sentir dentro de um cenário de filme. O casario, as ruas, as praças e igrejas, tudo perfeitamente em seu lugar irá te transportar para o século XVIII. O Centro Histórico é um dos mais charmosos do Brasil. E com as atrações bem concentradas é perfeitoContinuar lendo “Roteiro a pé por Tiradentes”

As cachoeiras de Carrancas

Minas Gerais é a terra das cachoeiras e Carrancas é uma de suas estrelas. Mas, parece que diante de tanta concorrência esse destino delicioso ainda passa um pouco despercebido. A simpática cidadezinha localizada a cerca de 90 km de Tiradentes e quase 300 km de Belo Horizonte guarda tesouros lindíssimos e perfeitos para recarregar asContinuar lendo “As cachoeiras de Carrancas”

Final de semana em Capitólio

Em um final de semana em Capitólio, você fará passeios de lancha nas águas verde esmeralda da represa de Furnas, passando por cânions magníficos e cenários deslumbrantes. Conhecerá algumas cachoeiras e piscinas naturais de água cristalina. Comerá uma boa comida mineira. E voltará pra casa com um gostinho de quero mais. Capitólio recentemente foi descobertaContinuar lendo “Final de semana em Capitólio”

Roteiro de 3 ou 4 dias na Serra da Canastra

A Serra da Canastra é o destino perfeito para quem gosta de ecoturismo, boa comida e quer experimentar a simplicidade acolhedora do interior de Minas. É possível conhecer as principais atrações em um roteiro de 3 ou 4 dias. Mas, se puder ficar mais, a região é lindíssima e existem dezenas de cachoeiras para visitar.Continuar lendo “Roteiro de 3 ou 4 dias na Serra da Canastra”

Caindo na estrada

A gente ainda nem tinha colocado o pé na estrada e nossa vida já havia se transformado radicalmente. Até o final de maio, tínhamos empregos, a Bia estava na creche e nossa rotina era bem “tradicional”. A vida nômade era apenas um grande plano. Em junho, tudo mudou. Faltando duas semanas para entregar o apartamento,Continuar lendo “Caindo na estrada”